Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

As cores dos dias

Nota: entendam os personagens da crônica como uma personificação de personas da sociedade. Entendam como um subsídio meu. Entendam como querem. Algumas palavras, como de costume, são criadas de forma proposital. Vou ali comprar um Del Rey e já volto!


Te valorizo

Imagem
Nota: São dois pontos de vista totalmente distintos, mas unidos pelo tema central que nos une à maravilhosa música abaixo. É uma homenagem, evidente, que vai da literalidade ao humor negro de cada dia. E o nosso público-alvo, desta vez, se perfaz os nossos leitores e suas Jades e Tiês. Não podemos esquecer de dedicar esse fluxo às donas de nossa vida, às que geraram-nos entre os livros e os escritos. É nesses momentos que nós mantemos nossa força, em parte, porque temos alguém para nos manter. Feliz dia das mães!

Assista o vídeo clicando aqui!